Menu

terça-feira, 22 de abril de 2014

Capitão América: O Soldado Invernal

A segunda aventura cinematográfica do Capitão América mantém o bom nível alcançado pelo antecessor. Porém, dessa vez com uma trama um pouco mais complexa que a anterior.
Não vou entrar em detalhes do enredo para evitar spoilers, apenas comentarei alguns aspectos que achei interessantes. Embora, o Soldado Invernal do título seja teoricamente o inimigo a ser derrotado, na verdade ele faz apenas parte do problema de Steve Rogers (Chris Evans). O grande vilão do filme é a própria SHIELD. O fato de a organização que deveria zelar pela paz estar corrompida, dá ao filme o caráter metafóra política de produções recentes como Robocop, por exemplo, mas sem a mesma profundidade.
Outro simbolismo interessante do Capitão América é o fato de ele representar o homem fora de seu tempo. Como um conflito psicológico dessa natureza não é lá muito interessante para um filme de ação, ele se concretiza na figura do Soldado Invernal (Sebastian Stan), um rival poderoso que emerge do passado fazendo o herói enfrentar todas suas contradições. 
E por falar em ação, o filme não decepciona nesse quesito. A movimentação do herói representa aquilo que acredito que todos os fãs esperam. A superioridade física do supersoldado é bastante destacada, e o uso do escudo nas cenas de luta gera cenas de coreografias muio legais. 
Além disso, os coadjuvantes NICK FURY (Samuel L. Jackson), VIÚVA NEGRA (Scarlett Johanson linda como sempre) e FALCÃO (Anthony Mackie) também participam de ótimas sequências, por vezes roubando a cena.
Como já comentei por aqui antes, a única incoerência desse universo cinematográfico Marvel é ver o mundo quase acabando e os outros heróis, alguns até mencionados na trama, "de férias". Mas, enfim, aí já querer demais dos roteiristas.
Grande filme e ponto para os irmãos Anthony e Joe Russo que fizeram um bom trabalho na direção. Que venham os próximos!
Veja também:

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Percy Weiss no Palco Livre em Votorantim/SP

Percy Weiss, uma verdadeira lenda do rock nacional, foi a atração principal da última edição do Palco Livre, evento realizado mensalmente pela Secretaria de Cultura de Votorantim/SP
Percy Weiss é conhecido por ter emprestado sua voz a verdadeiras obras-primas das bandas Made in Brazil e Patrulha do Espaço.
Acompanhado da competente banda Rivotrio, Percy apresentou músicas do clássico álbum "Jack, o estripador", que ele gravou em 1977 com o Made in Brazil.
Ver a apresentação de um músico histórico como Percy, desperta sentimentos dúbios. Por um lado há aquela emoção de se estar diante de uma figura cujo talento resistiu bravamente ao teste do tempo. Por outro lado, temos aquela indignação de ver como nosso país não tem memória e, mesmo o público rocker, que vangloria-se de 'ser diferente' dos fãs de qualquer outro estilo musical, é de um bundamolismo gigante, haja vista que os próprios roqueiros não dão o devido reconhecimento aos grandes nomes do estilo. 
Deixando o desabafo de lado, Percy fez uma ótima apresentação, contando com paciência histórias por trás de cada música apresentada. Só faltou mesmo umas duas músicas da Patrulha do Espaço para ser perfeito. Mas dentro do que foi proposto, a "falha" compreensível.
Um domingo de Páscoa inesquecível pra quem viu e se divertiu. E, como sempre, parabéns aos organizadores por mais um grande evento! Para ver como foram os shows das outras bandas, é só clicar no link abaixo: 

Veja também: 

domingo, 20 de abril de 2014

Palco Livre: Mochileiros do Tibet, Prestto, Porão, Rivotrio & Percy Weiss

Ocorreu nesse domingo de Páscoa mais uma edição do Palco Livre, o já tradicional evento promovido pela Secretaria de Cultura de Votorantim. E essa edição trouxe melhorias em relação às anteriores, aparentemente com mais pessoas envolvidas no apoio do evento e com equipamento para iluminação durante a apresentação das bandas. 
Foi a primeira vez também que o Palco Livre teve contou com um nome consagrado do rock nacional, com a presença do mítico Percy Weiss, ex-vocalista do Made in Brazil e da Patrulha do Espaço, uma das maiores vozes da história desse país! Veja como foram os shows:

Mochileiros do Tibet

Após um breve 'esquenta' com uma banda cover dos Ramones, o rock clássico deu o ar de sua graça com a banda Mochileiros do Tibet. Embora o nome da banda possa gerar expectativas dúbias, a banda hipnotizou o público com sua performance cheia de feeling, especialmente nos covers de Jimi Hendrix, que ganharam aplausos entusiasmados dos presentes. A banda também foi muito inteligente aproveitando o impacto positivo dos covers para apresentar seus sons autorais, uma mistura de blues & rock'n'roll setentista com letras bem divertidas e interessantes, como podemos conferir no vídeo abaixo:

Prestto


O Prestto é uma banda local já bem conhecida e bastante apreciada pela gurizada, que se divertiu pra caramba com seu repertório recheado de clássicos do rock (Kiss, Alice Cooper, Jethro Tull, entre outros), intercalados com alguns sons próprios. Uma coisa be legal do Prestto é incluir no seu setlist músicas de bandas como Casa das Máquinas e Secos & Molhados, prestigiando também o 'classic rock nacional'. Abaixo vocês conferem o Prestto tocando 'Poison' do Alice Cooper: 

Porão

A banda Porão, formada nos anos 70, é uma referência histórica da cena rocker sorocabana. E ainda que com músicos convidados, foi muito legal ver o carismático vocalista Ademir Caveira agitando e se emocionando no Palco. Destaques para a antológica "Bruxa Colorida" e para "Menina pare de gritar", clássico do Made In Brazil:

Percy Weiss & banda Rivotrio

Encerrando a jornada, Percy Weiss, uma verdadeira lenda do rock nacional, que emprestou sua voz a verdadeiras obras-primas das bandas Made in Brazil e Patrulha do Espaço. Uma apresentação dessa categoria merece uma postagem à parte. Clique no link e veja como foi esse show histórico:

sábado, 19 de abril de 2014

Valleu, Luciano!

Causou comoção no mundo esportivo o falecimento do locutor Luciano do Valle, ocorrido neste sábado. Embora nos últimos anos Luciano do Valle andasse exagerando nos erros, é inegável sua importância para a difusão do esporte e para a emoção no esporte.

Um locutor com tantos anos dedicados ao ofício merecia ter tido a chance de transmitir a Copa do Mundo de futebol em seu país. Mas nem esse privilégio essa mal-fadada Copa do Mundo terá. Acredito que todo fã de futebol tenha alguma lembrança positiva de Luciano do Valle. Dentre tantas possíveis, deixo aqui como lembrança a narração da disputa de pênaltis do Mundial  de 1994, que deu o tetracampeonato ao Brasil (mesmo porque acho que todo mundo lembra do Galvão Bueno se esgoelando e deve ter muita gente que nunca ouviu a narração de Luciano do Vale nesse momento histórico):

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Unifica Rocker Fest: festival independente anuncia 2a Edição


O Coletivo Unifica Rocker anunciou a segunda edição do "Unifica Rocker Fest", que será realizado no dia 10/05 e contará com as bandas Sullivans, Non-Trivial, Muff Burn Grace, Terapia Cogumelo e Carapuça. 

O evento conta com o apoio do Blog Na Mira - Futebol e Rock'n'Roll e em breve faremos postagens individuais sobre cada uma das bandas participantes.

O coletivo Unifica Rocker tem por objetivo a divulgação de bandas autorais, promovendo shows e criando oportunidades para uma maior integração entre as mesmas. 

No momento o Coletivo Unifica Rocker busca bandas interessadas em participar do projeto e prepara a criação de um blog que reunirá informações sobre as bandas e as ações do coletivo. Bandas que quiserem ter seu trabalho divulgado pelo projeto podem enviar material para o email coletivounificarocker@gmail.com 

Mais informaçōes estão disponíveis na página do Coletivo no Facebook: http://www.facebook.com/unificarockeroficial 


Serviço:
UNIFICA ROCKER FEST II com as bandas Sullivans, Non-Trivial, Muff Burn Grace, Terapia Cogumelo e Carapuça. 
Horário: das 22:00 às 05:00.
Endereço: Rua José Solana, 341, Jardim das Imbuias, São Paulo/SP.
Entrada FRANCA
Página do evento no Facebook: 

Veja também:

quinta-feira, 17 de abril de 2014

'Pássaro Azul' - música em homenagem ao E.C. São Bento

Quando voltei a frequentar os jogos do São Bento lá na série A3, indo sozinho aos jogos, não tinha ideia do turbilhão de emoções que iria enfrentar, nem das pessoas bacanas que iria encontrar e reencontrar. O "Pássaro Azul" subiu graças a esses abnegados que não abandonaram o clube nas horas mais difíceis. Foi esse sentimento que inspirou esses versos nessa música que fiz em homenagem ao Azulão! Todas as imagens foram feitas por mim, de modo que literalmente refletem a forma pela qual eu vejo futebol. Confiram:
Veja também essas outras homenagens que fiz ao São Bento:

"Hoje tem jogo do Bentão (música)"


Hino do E.C. São Bento em versão rock


quarta-feira, 16 de abril de 2014

Orgulho de Ser Bento

Em tempos de maracutaias padrão Fifa, é muito bom ter a certeza de que a essência do futebol que aprendemos a amar desde pequenos continua viva no coração daqueles que se dedicam aos seus clubes do coração, especialmente aqueles que não tem a estrutura dos chamados 'grandes', mas que aos olhos apaixonados de seus torcedores, em nada lhes devem em termos de 'grandeza'. 

Uma amostra desse amor pode ser vivenciada nesse belíssimo vídeo intitulado "Orgulho de Ser Bento 2", um "mini-documentário" feito pela produtora "Um dois" e que registra o jogo que garantiu o acesso do Esporte Clube São Bento à elite do futebol paulista. Vale muito a pena assistir: 
Assista também a primeira parte, que registra a emoção de um estádio lotado para ver um time do interior sem que nenhum clube grande do Estado envolvido na disputa:
Veja também:
"Hoje tem jogo do Bentão!" - música em homenagem ao EC São Bento

terça-feira, 15 de abril de 2014

Vídeo: Angra no programa "Os Donos da Bola"

O programa "Os Donos da Bola" vai ao ar diariamente na Band e é apresentado pelo ex-jogador Neto ("craque Neto" na opinião de alguns...). Até aí nada de mais. Porém, em um raro momento em que música de boa qualidade encontra algum espaço na tv aberta, o ANGRA deu o ar de sua graça apresentando um set acústico no programa. Veja como foi e divirta-se com Neto falando sobre a banda e seu DVD "Angels Cry" (ou seria "AnjusCrai"?!?):
Nesta semana, o Angra divulgou um vídeo em seu canal oficial no youtube com os bastidores da participação da banda no programa:
Veja também:

segunda-feira, 14 de abril de 2014

O exemplo do gigante Ituano

Mesmo com bastante atraso não poderia deixar de escrever algumas palavras sobre a conquista do Ituano.

Não é fácil para um clube do interior sobreviver nos dias atuais, muito menos chegar a uma glória como a do título estadual conquistada pelo Ituano.
Por isso, além de tudo que uma vitória como essas representa para o clube e para seus jogadores, ela tem um simbolismo muito grande para os times do mesmo porte que o Ituano.

Primeiro, porque mostra que trabalhando de forma séria e comprometida pode-se chegar mais longe do que se imagina. Segundo, porque existe no "submundo' do futebol uma tendência a clubes de empresários e "investidores" tomarem o lugar de clubes tradicionais, que além das dificuldades esportivas, possuem inúmeros problemas estruturais e financeiros e nem sempre encontram parceiros para ajudar. 
Por último, a vitória do Ituano foi um chute na cara da Federação Paulista e da Rede Globo que idealizam um campeonato com regulamento esdrúxulo feito para beneficiar os clubes grandes, que por sua vez, não enxergam além de seus próprios umbigos e não movem uma palha para que haja melhorias no calendário dos clubes do Interior.

Mais uma vez, parabéns, Ituano! Que a sua conquista sirva de inspiração para que outros clubes realizem feitos igualmente grandiosos! 

domingo, 13 de abril de 2014

O Bentão Voltou!

O Bentão Voltou! Foi sofrido, foi dramático, foi na última rodada! Mas o São Bento conseguiu vencer a Catanduvense por 2x1 e terminar a série A2 na terceira posição, garantindo-lhe o retorno à elite do futebol paulista em 2015. 

O jogo 

Ciente de que só a vitória interessava, o São Bento fugiu um pouco de suas características e começou pressionando a Catandunvense. E logo chegou ao primeiro gol, com Herbert marcando de cabeça após cobrança de falta na direita. 
O gol fez explodir de alegria os cerca de 200 torcedores que enfrentaram os 350 km que separam Sorocaba de Catanduva. O São Bento manteve o controle das ações e teve chances de ampliar, mas a 1a etapa terminou com a vantagem mínima para a equipe de Sorocaba.

E como nada é fácil na vida do Bentão, a Catanduvense voltou com outra disposição na segunda etapa e chegou a acuar o time beneditino, obrigando o goleiro Ronaldo a trabalhar muito. 

Aos poucos, a tensão foi tomando conta das arquibancadas e dos jogadores, já que os rivais diretos do São Bento também venciam seus duelos. E foi nesse momento crítico que brilhou a estrela de Markinho, que aproveitando mais uma vez a bola parada, uma das armas mortais do São Bento durante toda competição. 
O gol fez a torcida se encher de confiança e finalmente soltar o grito de "O Bentão Voltou"! Porém, já nos minutos finais a Catanduvense diminuiu o prejuízo e voltou a preocupar o Azulão. Felizmente para a torcida sorocabana, não houve tempo para que a reação da equipe local se consolidasse. 
Depois do apito final muita comemoração da torcida e dos jogadores do São Bento. Após 7 anos, uma das mais tradicionais equipes do interior paulista está de volta a elite.

Eu fiquei muito orgulhoso e emocionado por ter acompanhado o time nesta conquista! O São Bento é o coração e a alma esportiva da cidade de Sorocaba! Que o renascimento que se iniciou no ano do centenário leve o São Bento a muitas glórias e jamais deixe a elite novamente! Valeu, Bentão! 

Veja também:

Série A2: Capivariano Campeão! Red Bull vice! São Bento e Marília de volta à elite!