sábado, 28 de abril de 2018

SEU JUVENAL: shows GRATUITOS no SESC/SOROCABA e em SÃO ROQUE

A banda mineira SEU JUVEVAL fará 2 shows gratuitos na nossa região. A banda se apresenta Clube Come Together em São Roque no dia 3 de maio às 21h30. Em Sorocaba a apresentação será no dia 4, às 20h00, na área de convivência do SESC. Dia 5 será a vez de Botucatu receber o "rock errado" da banda no The Hop Clube (ingressos R$ 10).


O repertório dessas apresentações será baseado no show “Maldito Rock”. Nesse show o Seu Juvenal interpreta clássicos “Lado B” da música popular brasileira com roupagem rock "n" roll. O repertório é recheado de composições dos “Malditos da MPB” como Walter Franco, Jards Macalé, Itamar Assunção, Sergio Sampaio entre outros que foram considerados ícones da música anticomercial, inovadores e provocadores naturais, eternos inquietos. 

Esses shows irão marcar a estreia de Fabiano Minimim, novo baixista da banda.

Outra novidade é o clipe para a música "Rock Errado" com imagens extraídas da turnê europeia que a banda realizou em 2017:
 

Além do novo baixista Fabiano Minimim, o Seu Juvenal também é formado pelo vocalista Bruno Bastos, o guitarrista Edson Zacca e o baterista Renato Zaca.

Para ouvir o Seu Juvenal, acesse:
Google Play: https://goo.gl/TC8EJv

domingo, 15 de abril de 2018

Futebol de Botão e Rock 'n' Roll



Futebol de Botão por si só já é mítico por ser um jogo "raiz" e ainda por cima 100% brasileiro. Juntar essa bela tradição com Rock 'n' Roll já seria uma combinação divertidíssima, mas o pessoal das páginas Botões Clássicos e Um Botão de Prosa foi além e organizou um campeonato com times de botão representando bandas. 

O campeonato ocorreu neste fim de semana na Arquibancada Botões Clássicos e teve o PINK FLOYD como campeão.

Confira detalhes nos links abaixo:

Botões Clássicos:

Um Botão de Prosa:

Arquibancada Botões Clássicos:

quarta-feira, 11 de abril de 2018

As camisas de futebol do PEARL JAM


Época de Copa do Mundo todo mundo quer tirar uma casquinha e entrar na onda. 

É o caso da repentina paixão futebolística do PEARL JAM que lançou uma linha de camisas de futebol inspiradas no uniforme de diferentes seleções. 

O design excelente é do site Copa Football e o resultado você confere nas imagens abaixo:


Para mais detalhes das camisas e como adquiri-las, confira o link:

sábado, 7 de abril de 2018

Hino do GUARANI em versão ROCK

Depois de 5 anos o GUARANI de Campinas assegurou seu retorno à elite do Futebol Paulista e disputará a Série A1 do Paulistão em 2019. 
Como homenagem ao retorno do BUGRE, confira uma versão ROCK do hino do clube com a banda REPUBLICA DU SOM:

HINO DO GUARANI NA GUITARRA

No vídeo abaixo, podemos conferir também uma versão instrumental do HINO DO GUARANI com o guitarrista RICO DIAS:

quarta-feira, 4 de abril de 2018

LIVERPOOL e a volta do FUTEBOL HEAVY METAL

O Liverpool massacrou o Manchester City com um primeiro tempo exemplar pela UEFA Champions League. 3x0 sem deixar os visitantes verem a cor da bola.
Foi a melhor representação do "heavy metal football" de Jurgen Klopp. O treinador alemão cunhou esse termo maravilhoso na charge que vemos acima. Jogo veloz, intenso e empolgante. Nada mais apropriado para destruir o insossso tiki-taka de Pepe Guardiola. 

E pelo que foi apresentado não é de se duvidar que o Liverpool possa surpreender os favoritos nessa Champions League. Certamente terá nossa torcida!

terça-feira, 3 de abril de 2018

Cristiano Ronaldo, o Português Voador

Parecia um personagem de uma narrativa de Saramago, mas era só Cristiano Ronaldo fazendo o que foi programado para fazer. Mas dessa vez foi diferente. O gol de placa. Antológico. Capaz de fazer os rivais aplaudirem. O movimento perfeito. A precisão mágica. Não foi o típico gol robótico de Cristiano. Foi um gol de artista. Um gol capaz de humanizar o "homem máquina" e calar qualquer crítico. Um golaço.

VEJA TAMBÉM:
LIVERPOOL E A VOLTA DO FUTEBOL HEAVY METAL

quarta-feira, 21 de março de 2018

Figurinhas da Copa: a última esperança para unificar o País

O tão aguardado álbum de figurinhas é o arauto da chegada da Copa do Mundo. Nesse mundo digital cada vez mais impessoal, a tradição da coleção e principalmente da troca de figurinhas é mais do que bem-vinda. 

Quem já participou de algum encontro de troca de figurinhas sabe do que eu estou falando. O simbólico fala mais alto e não há distinção ideológica e nem de faixa etária. Além de divertido chega a ser bonito de se ver. Se isso não conseguir unificar esse país, nada mais o fará!  

quinta-feira, 8 de março de 2018

Resenha: SÓCRATES - Biografia

Como não vi Sócrates jogar, para mim ele sempre foi o irmão mais velho de Raí, terror do Morumbi e, junto com Zetti, grande ídolo futebolístico de minha infância.


Mas com o tempo veio a curiosidade de entender porque o "Doutor Sócrates" exerceu, e ainda exerce, tanto fascínio nos afficionados por futebol, sejam eles corintianos ou não.

Nesse sentido, a biografia escrita pelo jornalista Tom Cardoso é um excelente e didático guia.

Das origens humildes de sua família e seu estabelecimento em Ribeirão Preto, passando pelo início de carreira no Botafogo local, o que inclui antológicos "mim acher" no próprio pai, ao desenvolvimento de sua trajetória no Corinthians e na Seleção Brasileira (e também o fiasco no futebol italiano), o livro aborda de forma bastante clara e fluida os principais pontos que convergiram para que Sócrates se tornasse um ícone do nosso esporte favorito.

Estão lá todas as polêmicas e contradições do craque: o jogador que não soube ser atleta, o médico que não cuidou da própria saúde, o criador da "democracia corintiana" admirador da esquerda mais extrema a ponto de batizar um de seus filhos de Fidel. 

Sem muita especulação, vemos um retrato bastante fidedigno de Sócrates, com depoimentos de pessoas que conviveram com ele e de trechos de uma autobiografia não acabada.

De quebra, ainda temos insights diversos sobre um período crucial de nossa história, com a redemocratização do país e seus dilemas, é uma nova luz sobre outras figuras importantes do nosso esporte, como o próprio Raí, Casagrande, o mestre Telê Santana, entre outros. 

Com isso, o autor escapou da armadilha do clubismo e criou uma obra que pode ser facilmente digerida por todos aqueles que gostam de pensar o jogo além das quatro linhas.

Veja também:

segunda-feira, 5 de março de 2018

Resenha: Guia Politicamente Incorreto do Futebol

Nem tanto um guia, nem tão politicamente incorreto assim. Mas um ótimo compêndio de curiosidades sobre diversos aspectos do futebol.



Organizado em capítulos independentes, o livro vai de Charles Miller a Lionel Messi, com o intuito de desconstruir e desmistificar fatos, craques e cartolas do passado e do presente. 

Há algumas bobagens e exageros como uma defesa de Galvão Bueno (nossa, que politicamente incorreto!) e um capítulo "enaltecendo" Ricardo Teixeira por ter dado o mínimo de organização ao futebol brasileiro.

Mas também há muitas verdades, como o interessantíssimo capítulo sobre o Racismo no futebol brasileiro e o capítulo que discute o início do futebol no Brasil.

A maior polêmica talvez seja a de colocar a Seleção Brasileira de 94 como a mãe do tic-taca do Barcelona e da Seleção Espanhola, tese sustentada com estatísticas surpreendentes.

Como o livro foi escrito antes da Copa de 2014, não temos um capítulo sobre o 7x1, que seria um prato cheio para as discussões aqui propostas.

De qualquer modo, os autores Jones Rossi e Leonardo Mendes Júnior tiveram o brilhantismo de pincelar temas interessantes e destrinchá-los de forma bastante original, fazendo deste um dos livros mais legais sobre futebol a ocupar espaço aqui na minha prateleira.

Veja também:
Resenha: Sócrates - biografia

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

AC/DC nas Olímpiadas de Inverno

Patinação do gelo ao som de AC/DC? Sim, por que não? Confira nota do site Whiplash:

Aconteceu nesta quarta-feira, 21 de fevereiro, durante as Olimpíadas de Inverno que estão sendo realizadas na Coréia do Sul. 

Ivett Toth, patinadora húngara, foi na contramão dos patinadores que geralmente usam roupas coloridas e músicas populares e se apresentou usando roupas pretas de couro e ao som de "Back in Black" e "Thunderstruck" do AC/DC.

O vídeo abaixo não é o da participação das Olimpíadas, mas dá uma amostra da performance da patinadora:

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Cacá Barros: Hino do Palmeiras no Fox Sports Rádio

Assista ao nosso amigo e grande guitarrista CACÁ BARROS tocando o Hino do Palmeiras na guitarra no programa Fox Sport Rádio (começa por volta de 29:55):